Maria Ivone Vairinho e Poetas Amigos

Maio 14 2010

  

 

Caíram as folhas dos sonhos que eu tinha.
O vento as levou?... Se as levou já não sei...
Os troncos são nus de esperança e de lei
E a cepa é vazia da paz que mantinha.

 

Caíram as folhas, ficou uma linha
Traçada à deriva, sem rumo e sem grei.
Quis Deus que assim fosse?... Mas nunca esperei
Sentir que a minha alma morresse sozinha.

 

O vento é do Norte e fulmina, sem dó,
Meu peito, sozinho, na dor, como Job,
De braços erguidos em jeito de cruz.

 

Caíram as folhas que estavam coladas
Ao céu, como estrelas de luz, em risadas,
Deixando os meus sonhos arcaicos e nus!

 

Glória Marreiros
Portimão - Portugal

 

 

(enviado por Tito Olívio)

 

fotos de Iara Melo

publicado por appoetas às 19:51

Maio 14 2010

 

 

Glória Marreiros
Portimão - Algarve

 

Chegaste na hora em que eu ia partir.
Trazias quimeras fechadas na mão
e sonhos trepando em sublime ilusão,
p’ra pôr sobre a mesa do nosso porvir.

Trazias sorrisos de estrelas a rir
no céu cor de prata do teu coração.
No cheiro dos goivos plantaste a razão,
que põe nas ausências discreto polir.

Fiquei indecisa perante o banquete,
mas tinha comprado, a chorar, o bilhete
do trem mais veloz, que não volta, depois…

Subi um degrau e senti minha idade,
olhei nos teus olhos e vi a saudade,
peguei-te na mão e partimos os dois.

 

GLÓRIA MARREIROS

 

 (enviado por Tito Olívio)

 

Quadro de Iara Melo

 

publicado por appoetas às 17:26

Maio 14 2010

Por solicitação do nosso associado Filipe Papança, que  considerou importante ser do conhecimento dos associados a data e local do seu doutoramento, publica-se a:

Prova de Doutoramento de Filipe José Loureiro Lopes Papança


Ramo: Ciências da Educação
Título: A Matemática, a Estatística e o Ensino nos Estabelecimentos de Formação de Oficiais do Exército Português no Período 1837-1926: Uma Caracterização

Data de Homologação do Juri: 04/03/2010 12:00h

Constituição do Juri:

Constituição de júri, publicada no Diário da República, II série, nº 73 de 15 de Abril de 2010:

Presidente

Presidente do Conselho Científico da Escola de Ciências Sociais Prof. Doutor Hélder Adegar Teixeira Dias Fonseca, por delegação.

Vogais:

Doutor Jaime Maria Monteiro Carvalho e Silva - Professor Associado da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.

Doutora Maria Helena Antunes Castanheira Henriques - Professora Adjunta do Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto.

Doutor António Manuel Águas Borralho - Professor Auxiliar da Escola de Ciências Sociais da Universidade de Évora.

Doutor António Manuel Dias Domingos - Professor Auxiliar da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.

Doutor José Manuel Leonardo de Matos - Professor Auxiliar da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.

Doutora Olga Maria Santos Magalhães - Professora Auxiliar da Escola de Ciências Sociais da Universidade de Évora.

Arguições principais ficaram a cargo de:
  • Doutor Jaime Maria Monteiro Carvalho e Silva
  • Doutora Maria Helena Antunes Castanheira Henriques


Data/Hora : 07/06/2010 15:00h
Local: Sala de Actos da Universidade de Évora

© 2007-2009, Serviços Académicos - Universidade de Évora

mapa do site | contactos | sobre | sapq@uevora.pt

 

(colocado por Maria Ivone Vairinho)

 

publicado por appoetas às 16:49

Maio 14 2010

 

Nossa Senhora…

 

Faz da Tua Fé minha Luz!

De joelhos peço-te agora;

Guia-me em todo o meu destino,

No meu caminho peregrino…

Sê a brisa que me conduz;

 Minha Senhora!

 

Quero,

Transformar minhas feridas

Em dádivas de bonança.

É tão pouco o que preciso…

Só um pouquinho da tua Luz,

Como a que ajudou Jesus…

P’lo Caminho do Calvário.

__Hoje, quero te pedir,

Mas também Te agradecer,

P’las contas do meu Rosário,

Por poder estar aqui

Sem dúvidas existir...

E o teu amor reconhecer.

 

Nossa senhora …

Quero crer, cada palavra,

Em cada gesto do pastor …

Num Céu aberto de tanta Paz…

De tanta Luz…de tanto Amor…

 

Nossa senhora …

Que de nós És Advogada,

Intercede por minha prece.

Esta prece que aqui eu faço

E humildemente a Deus Elevo…

Esperançosa, esta Oração.

Eu sei que até Ti chegará,

Nalguma forma de recado…

Depositado em Tua Mão.

 

___Estou tão feliz, Minha Senhora!

Por ter encontrado esta Luz

E por ter deixado ela entrar.

Sinto, mais leve a minha cruz…

E mais leve, o meu caminhar.

Senhora, tu és a Esperança,

Também És, Senhora do Amor.

Sempre, sempre estarei contigo,

Esteja, eu, onde estiver.

 

Sinto o teu colo a me embalar…

Aquando me atormenta a hora

Derramas, sobre mim, “Teu Olhar”

Dás-me a mão…

Eu sinto isso, Nossa Senhora!

 

 

 

“Muito Obrigada, "Minha Senhora”

Por ter deixado esta Luz entrar,

Ficou, bem mais leve a minha Cruz…

Sinto mais leve, o meu caminhar.”

 

 

 

Cecília Rodrigues-13-Maio-2010

 

 

 

publicado por Cecilia Rodrigues às 15:25
editado por appoetas em 20/07/2010 às 17:16

Maio 14 2010

Passam segundos, minutos,

 Passa o Tempo entre canseiras

E se ao passar deixa frutos,

Leva-nos vidas inteiras…

 

Passa por mim, Tempo, passa,

Espalha as sementes dos dias

E deixa-me, em troca, a graça

De ir espalhando poesias…

 

Passa Tempo. Eu não me oponho

Ao ritmo que me impuseste;

Por cada instante de sonho

Torno-me eu menos agreste!

 

Passa sorrindo ou chorando,

Com sol, sem sol… sempre há lua!

Passa por mim que, sonhando,

Te vejo ao fundo da rua,

 

Dessa rua inacabada

Sobre a qual tu, morador,

Constróis, cada madrugada,

Castelos em teu redor…

 

Deixas pedras no caminho

Mas sempre foram as pedras

Que sustentaram os ninhos

Que estão sujeitos a quedas…

 

Passa, Tempo, porque a vida

Também dependi de ti…

Estavas lá – não estou esquecida! –

No momento em que nasci…

 

Passa por mim, Tempo, passa,

Espalha as sementes dos dias

E deixa-me, em troca, a graça

De ir espalhando poesias…

 

 

Maria João Brito de Sousa

publicado por Maria João Brito de Sousa às 12:31

Maio 14 2010

O tempo! Queria apagar o tempo! Recomeçar

Para apagar as palavras vazias que foram ditas

Vincar os momentos felizes nas escritas

Dum poema maior, para no fim poder cantar.

 

Ontem cada palavra foi um grito

Cada gesto, espada ao vento,

Cada segundo perdido em lamento,

Lancetando o pensamento.

 

Perscruto o teu olhar, o teu dizer,

Cada palavra que de ti vem,

Cada destino dos teus passos, dos abraços

Que nos teus braços ficam parados também.

 

Na ambiguidade de todos os cansaços

Perdida a essência dos desejos

Espalhados ao vento, à procura de beijos.

 

Neste vazio de dias, vivemos cansados

Na ânsia dos abraços e dos sonhos

Pendurados na eternidade das horas.

 

É urgente, todo o tempo do amor.

É tempo de rir, cantar, amar, sorrir, e sonhar os sonhos.

Agarremos o tempo. Não o desperdicemos.

O tempo é agora

Este tempo! Não o deixemos ir embora.

 

4/12/09

 

Donzília Martins

Postado por Liliana Josué

publicado por cantaresdoespirito às 00:17

Maio 14 2010

Bendito soro, água milagrosa

Regatos virgens semeando o pão

Encharco-me nela; ah que emoção!

Vivaldi rege a ode esplendorosa

 

Reencontro abraços; manhã fria

Regando a terra seca em sofrimento

Cardumes morrendo sem alento

Esperando a chuva noite e dia

 

Abriu as ancas a mãe natureza

Placenta d´´agua num grito intemporal

Abraçando os rios em golfada

 

Debruço-me nas pontes, que beleza!

O nosso Almonda, verde magistral

Louvou a Deus p’la água tão amada!

 

Janeiro 2010

 

Maria Zabeleta

Postado por Liliana Josué

 

 

 

publicado por cantaresdoespirito às 00:07

Este blogue está aberto aos co-autores e Poetas Amigos de Maria Ivone Vairinho
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
15

18
19
21

25
27
29

31


links
pesquisar
 
Tags

11 poemas inéditos de carlos cardoso luí(1)

25 anos app(11)

ada tavares(18)

adriano augusto da costa filho(39)

albertino galvão(11)

albina dias(18)

alfredo martins guedes(2)

ana luísa jesus(4)

ana patacho(3)

anete ferreira(3)

antónio boavida pinheiro(22)

app(5)

armindo fernandes cardoso(3)

bento tiago laneiro(5)

carlos cardoso luís(13)

carlos moreira da silva(2)

carmo vasconcelos(22)

catarina malanho semedo(2)

cecília rodrigues(48)

cláudia borges(8)

dia da mãe(8)

dia da mulher(9)

dia do pai(6)

donzília martins(8)

edite gil(68)

elisa claro vicêncio(4)

euclides cavaco(100)

feliciana maria reis(4)

fernando ramos(20)

fernando reis costa(3)

filipe papança(11)

frances de azevedo(2)

gabriel gonçalves(14)

glória marreiros(20)

graça patrão(6)

helena paz(15)

isabel gouveia(3)

jenny lopes(11)

joão baptista coelho(1)

joão coelho dos santos(7)

joao francisco da silva(4)

joaquim carvalho(3)

joaquim evónio(9)

joaquim sustelo(70)

judite da conceição higino(4)

landa machado(1)

liliana josué(45)

lina céu(5)

luis da mota filipe(7)

manuel carreira rocha(4)

margarida silva(2)

maria amélia carvalho e almeida(6)

maria clotilde moreira(3)

maria emília azevedo(5)

maria emília venda(6)

maria fatima mendonça(2)

maria francília pinheiro(3)

maria ivone vairinho(14)

maria jacinta pereira(3)

maria joão brito de sousa(69)

maria josé fraqueza(5)

maria lourdes rosa alves(4)

maria luisa afonso(4)

maria vitória afonso(8)

mário matta e silva(20)

mavilde lobo costa(22)

milu alves(6)

natal(16)

odete nazário(1)

paulo brito e abreu(6)

pinhal dias(9)

rui pais(8)

santos zoio(2)

sao tome(10)

susana custódio(15)

tito olívio(17)

vanda paz(23)

virginia branco(13)

todas as tags

subscrever feeds
blogs SAPO